óleo de coco, rícino e argan: 2 diferenças entre eles!

Óleo de coco, de rícino ou de argan… qual a função deles? Hoje vamos entender qual a diferença entre esses óleos, e vamos ver quando usar cada um de acordo com as suas funções! Se você achava que óleo é tudo igual não deixe de continuar lendo o post.

 

óleo de coco

 

A prática do uso de óleos na indústria de cosméticos para a fabricação de produtos é antiga, e de uns tempos pra cá,o uso do óleo na sua forma pura tem se tornado mais popular ainda; mas porque será que eles são tão especiais para as mulheres assim? Vamos ver logo abaixo os benefícios estéticos dos óleos em geral.

Os óleos podem ser tanto vegetais, quanto minerais, e a diferença entre eles está somente na sua origem, como o próprio nome sugere. Em ambos os tipos, podemos encontrar beneficios, como a nutrição dos fios, a diminuição do frizz, e selagem das cuticulas. Os óleos são ricos em lípidos (gordura) por isso conseguem diminuir a porosidade capilar, e proporcionar o aspecto de cabelo mais “lisinho”…

Porém, cada óleo tem sua peculiaridade, e a partir de agora vamos falar especificamente do óleo de coco, do óleo de rícino e do óleo de argan, que são considerados os principais óleos vegetais.

Vale lembrar que essa prática de usar os óleos no cabelo é chamada de Umectação Capilar. Além disso, eles fazem uma nutrição, ou seja, devolvem a gordura para os fios, diferente das hidratações que repõem a água, como expliquei mais acima.

  • óleo de argan

Dos 3 listados, ele é o mais antigo. Extraído das nozes, de uma planta encontrada somente no marrocos é a pioneira, e até hoje é a mais indicada para dar brilho aos fios. A chamada ouro dos marrocos, é rica em vitamina D e ácidos graxos, ajudando a tratar portanto cabelos danificados e secos. Aplique uma gota nas mãos, e aqueça esfregando uma na outra antes de passar nos fios.. Você pode usá-lo tanto antes do secador e da chapinha, como também misturar um pouco na mascara de tratamento para potencializar os resultados.

  • óleo de coco

Ele é o mais coringa já que pode ser usado de diferentes formas. O óleo de coco chegou para ficar, e promete continuar conquistando as mulheres por décadas ainda… Extraído da fruta do coco, ele tem 2  texturas diferentes quando aquecido ou resfriado. Em ambientes quentes chega a ficar completamente líquido e transparente, enquanto em ambientes mais frescos, tende a ficar pastoso e turvo.

O óleo de coco é rico é vitamina k, e ácidos graxos… Sua principal função é portanto nutrir, e combater fios secos e porosos. Se você tem pontas duplas, cabelo opaco, raiz oleosa, e fios rebeldes, invista na umectação com o óleo de coco.

Uma dica que vale a pena ser destacada aqui é: investir em produtos que contenham os óleos nas composição caso você não goste de fazer a umectação capilar.

  • óleo de rícino 

Já o óleo de rícino ajuda a fortalecer os fios e por isso, pode ajudar no crescimento natural do cabelo também. Ele é rico em vitamina E e minerais, são recomendado para os cabelos quebradiços e elásticos. 

Uma dica para quem gosta de cuidar das sobrancelhas também, é usar regularmente o óleo nos pêlos para reparar as falhas de maneira natural.

óleo de coco

Além dos óleos vegetais, você também consegue encontrar as vitaminas nos suplementos alimentares, como o Megga Hair. A reposição deles no organismo ajuda a controlar a queda capilar, a fortificar o cabelo, e a potencializar o crescimento dos fios.

Além disso, as capsulas Megga Hair estimulam a produção de colágeno na pele, diminuindo as linhas de expressão…

Com amor,

Vi Lombardi (@vi.lombardi)